Teoria do Antigo Astronauta: Uma pirâmide artificial existiria no Tibete??

14/06/2021

Esta não é a primeira vez que ouvimos dizer que uma civilização antiga foi capaz de acessar a tecnologia que a humanidade usa atualmente. Um desses casos é o Monte Kailash, um lugar classificado por alguns teóricos como uma possível Pirâmide e até mesmo como uma potencial usina nuclear nos tempos antigos.

O Monte Kailash, localizado no Tibete, é freqüentemente referido como o "centro espiritual do universo" porque é o local de nascimento de quatro religiões: Hinduísmo, Jainismo, Budismo e Bon.

Mas o mais curioso é que a montanha também poderia ter sido o local de um antigo reator nuclear construído por uma civilização avançada no passado ou mesmo uma civilização alienígena, de acordo com "Ancient Aliens" (documentário da History Channel), que aponta que os restos encontrados no local mostram cinzas nucleares e que os corpos encontrados ali contêm vestígios de elementos radioativos.

Um livro que explora as teorias apresentadas no programa de televisão 'Ancient Aliens' (Alienígenas do Passado) também relatou que "seres celestiais" estavam se reunindo em torno do Monte Kailash "devido à energia que irradiava". O mito então aponta que essa corrente "alimentou esses seres celestiais ou os manteve vivos".

Forma piramidal

O Monte Kailash tem a curiosa forma de uma pirâmide. Isso é muito estranho, já que a forma piramidal é encontrada em todo o mundo antigo: Egito, América Central e em outros diversos lugares. E a forma está associada à adoração de deuses ou à passagem de almas para outros assentamentos além da tumba (para o submundo).

O Monte Kailash era um local sagrado com poderes especiais que foi visitado por visitantes vindos do espaço?

Rede elétrica antiga?

Não apenas a forma piramidal poderia ter um significado religioso, mas também poderia ter sido parte de uma rede elétrica maior que abrangia todo o mundo antigo:

"Os teóricos dos antigos astronautas sugerem que os restos de uma rede elétrica global podem ser encontrados entre as ruínas sagradas de civilizações antigas ao redor do mundo."

Se as usinas (pirâmides) que forneciam energia para essas civilizações antigas quebrassem, isso também poderia explicar a queda de vários impérios, como os construídos pelos egípcios, maias e incas.

Quem construiu os antigos reatores?

A tecnologia nuclear é em grande parte uma criação do século XX. O primeiro reator foi construído em 1942 por Enrico Fermi, que mais tarde participou de alguns dos experimentos que levaram à construção da primeira bomba atômica em Los Alamos, Novo México, como parte do Projeto Manhattan, uma arma que mais tarde foi usada pelo Exército dos EUA contra o Japão no final da Segunda Guerra Mundial.

Então, por que uma civilização construiria um reator nuclear?

"De acordo com a teoria do Antigo Astronauta, os alienígenas sempre foram motivados pela ideia de ajudar no avanço da civilização humana. Eles deram muitos dons de conhecimento. O que era comum a todas essas culturas antigas era que elas tinham histórias e artefatos destinados a homenagear aqueles que lhes deram esse conhecimento, os 'deuses', e os deuses eram extraterrestres segundo o que foi descrito: "eles vieram do céu".

Claramente, existem mais perguntas do que respostas, especialmente quando se trata de coisas que não podem ser 100% provadas ou refutadas milhares de anos depois que aconteceram. Mas, com o tempo, podemos descobrir que nunca estivemos sozinhos no universo e que nossas maiores conquistas foram, na verdade, uma ajuda fornecida por forças alienígenas que vieram de muito longe.

É PROIBIDA a cópia do conteúdo postado no site sem pedir autorização, material protegido por direitos autorais.