Segundo o dailystar, um novo relatório da França informa que OVNIs também interferiram com caças

02/07/2021

Foram examinados 600 casos de OVNIs na França, e em praticamente metade dos avistamentos, a proximidade da nave desconhecida prejudicou a segurança de voo dos jatos militares

Pilotos de caças estão tendo problemas com naves de origem desconhecida na França, revelou mais um novo informe. E alguns dos objetos voadores até conseguiram desabilitar as armas e os sistemas de piloto automático dos jatos militares.

Sim, aparentemente não são poucos os casos em que esse tipo de evento ocorreu..

Foram examinados 600 casos de OVNIs na França e em praticamente metade dos avistamentos - 290 - a proximidade da nave de origem desconhecida prejudicou a segurança de voo dos jatos militares

Em pelo menos 81 deles, as testemunhas envolvidas (pilotos experientes) reportaram efeitos eletromagnéticos em um ou mais sistemas da aeronave.

O informe contendo 25 páginas de Dominique F. Weinstein relatou:

"Este estudo confirma o grande impacto na segurança da aviação.

Apenas uma coleta sistemática de testemunhos detalhados de pilotos e tripulações irá aperfeiçoar a pesquisa científica sobre esses casos inexplicáveis e auxiliar para a segurança da aviação."

O sistema de piloto automático não funcionou normalmente em três incidentes. Em 31 desses eventos, os pilotos tiveram que tomar estratégias evasivas para prevenir uma colisão com um objeto não identificado, machucando pessoas em cinco encontros próximos.

A investigação com duração de 64 anos foi realizada pela contraparte francesa da Força-Tarefa OVNI do Pentágono.

O informe coincidentemente veio a publico logo depois que um outro informe dos EUA sobre OVNIs foi liberado, apresentando mais de 100 contatos imediatos com naves militares dos EUA...

Fonte