Pré-Adâmico: O Gênesis pode ter sido apenas o REINICIAR da Terra...

15/10/2021

O Pré-Adâmico é uma cultura do passado distante anterior ao Gênesis Bíblico. A teoria é fortemente sustentada por estudiosos alternativos, pesquisadores e alguns arqueólogos.

Esses seres pré-adâmicos seriam humanos - ou mesmo outro tipo de ser inteligente - que teriam pisado no planeta antes dos anos 5000 a. C.. É basicamente o tempo da criação de Adão e Eva, segundo vários teóricos.

Terra pré-adâmica de acordo com textos antigos

O Gênesis poderia ter sido o REINICIAR do planeta e não sua criação inicial.

Dentro da Bíblia observamos diversos versículos interessantes que falariam da devastação do planeta por Deus (algumas vezes na história):

Jeremias 4: 23-25:

Olhei para a terra, e eis que era sem vida e desértica; também os céus, e não tinham a sua luz.

Notei os montes, e eis que estavam tremendo; e todos os outeiros estremeciam.

Observei, e eis que não havia ser humano algum; e todas os pássaros do céu tinham escapado.

Essas passagens de Jeremias poderiam estar conectadas a Gênesis 1:2, "E a Terra era sem vida e desértica". Isso mostraria que um mundo pode ter existido antes de Gênesis e que havia sido deixado 'sem ordem' como é dito em algumas traduções e vazio devido à devastação causada por vários tipos de pecados.

No livro 'Ciudad de Dios', Santo Agostinho de Hipona narra que os relatos e mitologias das culturas pagãs são inconciliáveis com o Gênesis. Isso aponta que esses antigos relatos mitológicos estariam falando de seres antes mesmo da criação humana no Jardim do Éden, e também coexistindo com os mesmos, mas em outros lugares (fora do Éden).

O Islã também menciona 'entidades' pré-adâmicas. Os djinn e hinn seriam duas 'espécies' de seres. O djinn e o hinn seriam entidades espirituais de duas raças pré-adâmicas que levaram o caos ao planeta e, conforme as passagens de Jeremias relatam, eles teriam que ser aniquilados, como uma forma de "purificação do pecado".

Descobertas arqueológicas desconcertantes indicando a existência de seres "pré-adâmicos"

Os pesquisadores e estudiosos encontraram muitos dos chamados "artefatos fora do lugar (artefatos que não poderiam existir de acordo com suas idades)", com datações que parecem inexplicáveis e apontam para a existência de seres humanos ou entidades tecnologicamente avançadas muito antes da história escrita.

Vamos ver agora alguns exemplos dentre diversos existentes:

A Rocha Dashka ou o Mapa de Deus, um mapa entalhado em pedra de milhões de anos atrás

O famoso e mais conhecido entre muitos, o 'London Hammer', com mais de 100 milhões de anos;

A fantástica descoberta de diversas metrópoles submersas no oceano profundo, como por exemplo a avançada cidade submersa de Khambhat, na Índia..

O que poderiam indicar essas avançadas cidades afundadas? Elas são claros indícios de uma cultura pré-adamita? Varias delas têm estruturas avançadas e mostram um nível de tecnologia que os especialistas acreditam que não era possível no momento que foram edificadas.

É importante também deixar claro que houve alguns achados que simplesmente sumiram sob circunstâncias misteriosas. Esses achados curiosamente podiam derrubar a historia tradicional que conhecemos através dos livros de historia.

O Dr. Alexander Koltypin é um geólogo importante quando o assunto é civilizações pré-Adâmicas. Ele levantou inúmeras expedições e juntou diversas informação sobre a presença de seres humanos desconhecidos milhões de anos atrás.

De acordo com suas investigações, aconteceram catástrofes em grandes proporções em vários períodos geológicas que aniquilaram as culturas pré-Adâmicas, como na chamada extinção em massa Permiano-Triássica (250 milhões de anos atrás).

ATENÇÃO: Respeite o conteúdo do SITE, não copie sem autorização (conteúdo 100% protegido)