Os EUA não tem capacidade de se defender da avançada tecnologia demonstrada pelos OVNIs, informou o ex-chefe de inteligência

29/06/2021

Alguns objetos voadores não identificados parecem mostrar tecnologia que os Estados Unidos não estão nem perto de possuir e não têm a capacidade de se defender, segundo um ex-chefe de inteligência.

John Ratcliffe, que desempenhou um importante papel de diretor de inteligência nacional do ex-presidente Donald Trump e fiscalizou as 18 agências de espionagem do país, fez a advertência enquanto oferecia informações sobre um informe desclassificado sobre "fenômenos aéreos não identificados", que foi liberado pelo Gabinete do Diretor da Inteligência Nacional na sexta-feira.

O informe, de forma bem concisa, debateu sobre os 144 relatórios de objetos voadores não identificados originários de fontes do governo dos EUA (relatos , vídeos e imagens feitas por pessoas do mais alto grau de importância) entre os anos de 2004 e 2021. Oitenta foram registrados com vários sensores diferentes, e grande parte dos informes descreveu os UFOs como anomalias que suspenderam o treinamento militar pré-planejado ou mesmo outras importantes ações militares.

O documento informou que grande parte dos OVNIs "parecem manifestar tecnologia muito avançada" e "em 18 casos relacionados, descritos em 21 informes, os observadores reportaram padrões de locomoção ou características de voo incomuns do UAP (objetos voadores não identificados)". Determinadas partes dos resultados do estudo e analise também permanecem em segredo total.

Ao dar sua primeira entrevista coletiva sobre o relatório não classificado do Gabinete do Diretor de Inteligência Nacional (ODNI) desde sua divulgação, Ratcliffe informou ao apresentador da Fox News, Dan Bongino, que os objetos não identificados são um sério problema de segurança nacional e pontuou que o número verdadeiro de OVNIs que foram avistados permanece desconhecido para o grande público.

Ratcliffe informou:

"Esse informe teve inicio enquanto eu era o DNI. Eu esperava sua divulgação, ou alguma prévia dele, antes de ir embora. Conduzir esse relatório a um nível público desclassificado foi trabalhoso, mas estou verdadeiramente satisfeito que exista um relatório por aí.

Existem tecnologias que não possuímos e, sinceramente, contra as quais não temos como nos defender - com base naquilo que observamos (...). Precisamos ter um debate mais amplo para tentarmos entender especificamente do que se trata."

...O ODNI (Gabinete do Diretor de Inteligência Nacional) optou por não levantar conclusões muito firmes sobre os próprios OVNIs...

...O senador Marco Rubio, um republicano da Flórida que presidiu o Comitê de Inteligência do Senado quando pediu o informe do ODNI sobre objetos voadores não identificados, informou na sexta-feira:

"O Departamento de Defesa e a Comunidade de Inteligência têm um árduo esforço a fazer antes de podermos definitivamente compreender se essas ameaças aéreas representam uma grave preocupação quando o assunto é segurança nacional.

É PROIBIDA a cópia (por canais de Youtube ou Blogs e Sites) do conteúdo postado no site sem pedir autorização, material protegido por direitos autorais.