Ondas sonoras podem fazer objetos levitar: É assim que as antigas civilizações conseguiram mover pedras enormes??

13/06/2021

De acordo com lendas antigas, o som fazia parte do processo e as pessoas construíam estruturas gigantes como as pirâmides do Egito usando sons de uma frequência específica.

Embora estejamos no século 21, não podemos explicar completamente como as civilizações antigas conseguiram erguer os templos majestosos no passado remoto.

Lugares como Baalbek, Machu Picchu, Tiahuanaco nos fazem pensar: eles usaram algum tipo de tecnologia esquecida (ou ocultada) para mover as enormes pedras? Será que ondas sonoras foram usadas para mover enormes megálitos?

Do ponto de vista cientifico, vamos ver se isso seria possível...

Em fevereiro de 2019, um grupo de pesquisadores da Universidade de Columbia publicou os resultados de um experimento que mostrou que as ondas sonoras podem transportar massa gravitacional.

Durante o experimento, os cientistas descobriram que as ondas sonoras podem gerar um pequeno campo gravitacional.

O estudo científico determinou:

"Os cálculos mostram que as ondas sonoras têm uma pequena massa negativa, o que significa que na presença de um campo gravitacional, como o da Terra, sua trajetória se inclina para cima. Também se descobriu que as ondas sonoras geram um pequeno campo gravitacional ".

Por muitos anos, os físicos acreditaram que as ondas sonoras podiam transportar energia, mas não achavam que as ondas poderiam transportar massa. No entanto, os pesquisadores encontraram evidências de que suas descobertas anteriores estavam erradas, segundo informações Phys.org.

A equipe de cientistas descobriu que as ondas sonoras que passam pelo hélio superfluido têm uma pequena massa. Eles demonstraram isso matematicamente, mas não mediram a massa transportada pela onda sonora.

Eles descobriram que os fônons (quasipartículas) interagem com o campo gravitacional de tal forma que transferem massa à medida que se movem através do material. Em seu novo trabalho, os cientistas relatam evidências de que os mesmos resultados são validos para a maioria dos materiais.

Os pesquisadores sugeriram maneiras de testar sua descoberta no mundo real. Uma opção é usar dispositivos de detecção (sensores) de gravidade para estudar terremotos. Quando um terremoto envia sons por todo o planeta, os dispositivos podem detectar "bilhões de quilogramas de massa" transportados pelo som.

Em 2020, os cientistas criaram um algoritmo para detectar sinais de terremotos que distorcem a gravidade, mudando a densidade das rochas por um curto período. Essas mudanças na gravidade enviam sinais na velocidade da luz, tornando possível detectar terremotos antes mesmo do início da destruição.

Um ano antes deste estudo, o mesmo grupo de cientistas propôs a teoria de que os fônons têm massa negativa e, portanto, gravidade negativa.

O físico e estudioso da teoria das cordas Michio Kaku disse em um comunicado:

"Acontece que, sob certas condições, as ondas sonoras podem começar a subir em vez de descer. E essa anomalia parece ser consistente com as leis da física (...)".

Alguns pesquisadores de civilizações antigas acreditam que este estudo sugere como os humanos antigos conseguiram mover pedras enormes. Talvez eles tenham usado ondas sonoras e vibrações para isso.

De acordo com lendas antigas, o som fazia parte do processo e as pessoas construíam estruturas gigantes como as pirâmides do Egito usando sons de uma frequência específica.

Os cientistas que participaram da pesquisa esperam que talvez um dia desvendem o mistério das ondas sonoras e, com base nisso, criem uma tecnologia para mover objetos de grande massa.

As descobertas científicas do estudo intitulado "Gravitational Mass Carried by Sound Waves" foram publicadas na revista Physical Review Letters.

É PROIBIDA a cópia do conteúdo postado no site sem pedir autorização, material protegido por direitos autorais.