O monólito de 800 toneladas no Japão e sua conexão com visitantes extraterrestres

11/08/2021

Um dos maiores monólitos do mundo pesa 800 toneladas e está localizado no Japão. Este país é famoso por suas inúmeras histórias surpreendentes de visitas inexplicáveis. Além disso, possui outras pedras monolíticas incomuns que nos deixam assombrados.

Além disso, é interessante saber sobre 'Utsuro-bune', o objeto submerso não identificado que foi localizado na província de Hitachi. É um navio (ou mesmo nave) oco que transportava uma bela ocupante feminina que possuía uma caixa quadrada muito misteriosa.

A história do monólito de 800 toneladas do Japão

No Asuka Park está o monólito de 800 toneladas chamado Masuda-no-iwafune ou navio de rocha Masuda. Suas medidas são de 11 metros de comprimento, 8 metros de largura e aproximadamente 5 metros de altura. As medições e a estrutura com dois orifícios quadrados que possui mostram que foi executado de uma forma totalmente desconhecida da humanidade.

Alguns especialistas afirmam que o monólito Masuda está ligado à mitologia japonesa. Outros, por sua vez, pensam que se trata de uma espécie de estação astronômica ou tumba pertencente a alguma família real. No entanto, nenhum corpo foi encontrado deitado no local. Mas, embora ninguém saiba exatamente o que essas estruturas representam, elas chamam bastante atenção de quem observa.

Os 'navios' de pedra têm uma grande história, pois parecem falar de um encontro entre terras distantes na Terra. Embora seja difícil decidir se isso é real ou não, alguns preferem expor a história como algo literal. Partindo da teoria sobre a possibilidade de estar relacionado a encontros cara a cara com alienígenas ou com tecnologia alienígena.

Sem dúvida, a história dos monólitos está baseada em algumas investigações realizadas por Yanagida Kunio, entre os anos de 1925 e 1962. Yanagida afirmou que os elementos pertencentes à história apresentam certas semelhanças com as antigas lendas japonesas.

As teorias sobre Utsuro-bune se relacionam com a história de possíveis visitantes de outro mundo

O "navio oco" Utsuro-bune tem 6 metros de largura e 4 metros de altura. Em sua estrutura há uma janela transparente e placas de barra, possivelmente de metal, parecendo um grande queimador de incenso. Este navio transportava uma jovem com idades compreendidas entre os 18 e os 20 anos. Foi visto por alguns pescadores da região em 1803.

Os mesmos pescadores arrastaram o navio para o continente e perceberam que dali vinha a citada jovem. No oeste do Japão, ela é conhecida como "A Princesa Branca" e carregava uma caixa nas mãos de uma forma muito estranha. A língua deles era desconhecida e suas roupas totalmente diferentes das que existiam naquela época.

No entanto, os pescadores perceberam a gentileza da jovem para com eles. Dentro do Utsuro-bune puderam visualizar algumas escritas raras, além disso, havia materiais como tapetes e lençóis muito estranhos e inusitados. Após várias investigações, a escrita na nave foi comparada com símbolos alienígenas.

A aparência física da jovem também era perceptível. Sua pele era pálida e seu cabelo e sobrancelhas eram vermelhos. Yanagida afirmou que esta mulher foi possivelmente enviada para o mar e pertencia à realeza de uma terra estrangeira. Deve-se notar que este navio nunca de fato voou, estava simplesmente flutuando no mar.

Um monólito com tecnologia avançada

Muito ainda precisa ser investigado sobre monólitos e lendas culturais. Para melhor apreciá-los, é necessário realizar estudos aprofundados que nos ajudem a compreender todas as lendas. É importante conhecer os valores culturais modernos refletidos nos contos dos ancestrais e nas antigas alegorias japonesas.

Até os pesquisadores Takeharu Mikami e Giorgio A. Tsoukalos, decidiram conhecer o local onde está localizado o monólito de 20 metros. Eles concluíram que certamente pode pertencer à grande mitologia japonesa extraterrestre antiga. Embora ninguém tenha certeza de onde essas estruturas vêm, sua aparência reflete que elas não pertencem a este mundo.

ATENÇÃO: Respeite o conteúdo do SITE, não copie sem autorização (conteúdo 100% protegido)