Newgrange: Uma das estruturas mais misteriosas da Terra

07/07/2021


Um dos monumentos mais antigos do mundo não se encontra no Egito, nem na América. É na Europa, especificamente na Irlanda; uma estrutura enigmática que é um mistério arqueológico.

Em 1622, trabalhadores do condado de Meath, atual Irlanda, estavam procurando pedras de construção. Depois de uma semana de trabalho na área, eles perceberam que, ao remover uma das pedras, descobriram uma espécie de caverna.

Ao entrar, descobriram que não se tratava de uma caverna, nem de uma criação natural. Esta foi uma construção artificial feita pelo homem antigo. Foi a descoberta de Newgrange.

Embora tenha sido descoberto no século 17, foi só em meados do século 20 que se decidiu trabalhar nesta obra enigmática.

Um grupo de especialistas, liderado pelo professor Michael J. O'Kelly, membro do Departamento de Arqueologia da Universidade de Cork, começou a escavar e investigar a estranha colina. Em poucos dias, eles ficaram maravilhados com o mistério que se desenrolou diante deles.

De 1962 a 1975, a equipe escavou e restaurou o misterioso monumento. Um fato que, ao invés de responder às suas dúvidas, gerou muitas mais enigmas.

Newgrange é um mausoléu que, segundo estudos, data de 3.200 a.C. e está localizado a poucos quilômetros da capital irlandesa. A misteriosa tumba é agora a principal maravilha antiga da Irlanda.

Essa estrutura foi construída 700 anos antes de Stonehenge no Reino Unido.

Se você olhar de longe, parece que é uma colina simples. No entanto, é uma "sepultura passageira". Uma construção de pedra contendo uma ou mais tumbas cobertas de grama.

Newgrange surpreende pelo cuidado meticuloso dos seus construtores na decoração, utilizando no seu interior talha neolítica.

Até agora, praticamente tudo sobre esta construção é desconhecido; quem está enterrado ou mesmo quem o edificou. Muito menos se sabe como eles conseguiram erguer um edifício tão complexo apenas usando pedras. Em realidade, esse enigma é tão surpreendente, que séculos de investigações arqueológicas se passaram e ainda não foi entendido.

O primeiro mistério que a arqueologia está inquieta para solucionar é, sem dúvida, quem o fez. Foi preciso 200.000 toneladas de pedras enormes para erguê-lo, e para isso sem duvida foi necessário um conhecimento avançado em engenharia. Com base nisso, podemos facilmente concluir que a civilização teve a tecnologia e os conhecimentos avançados para projetar e construir uma construção que duraria 5.000 anos.

No entanto, este não é o seu único mistério e, de fato, há um ainda mais surpreendente. Tal como acontece com o Stonehenge, há um dia do ano que é único; Durante as manhãs do solstício de inverno, entre os dias 20 e 23 de dezembro, a luz do sol entra até 18 metros no corredor, iluminando todo o piso do mausoléu por 17 minutos.

Por isso, é preciso descobrir qual civilização possuía tantos conhecimentos arqueoastronômicos, a ponto de gerar esse efeito em uma obra tão duradoura. 

Mas uma coisa é obvia, isso não é uma simples coincidência.. isso é conhecimento avançado!!

Fonte: Alienígenas do Passado (History Channel)