Mistérios da Arqueologia: Vários jarros gigantes com mais de 1000 anos são encontrados

26/06/2021

Os enormes jarros de pedra podem chegar a medir até três metros e pesar mais de duas toneladas. Segundo as lendas locais, esses jarros já foram utilizados por criaturas gigantes.

A descoberta de 137 jarros megalíticos com provavelmente mais de mil anos levantou um grande debate arqueológico ao redor do mundo.

Distribuídas por centenas de quilômetros quadrados, ao redor da área de Xieng Khouang, essas obras em pedra foram classificadas por estudiosos como "jarros dos mortos" porque se pensava que fossem recipientes ou urnas funerárias.

No entanto, isso é só uma de muitas teorias, seu propósito original ainda é totalmente desconhecido e se levarmos em consideração as enigmáticas lendas, essas estruturas eram utilizadas como enormes copos onde bebiam os gigantes que habitavam o lugar.

Atualmente e com o auxilio das principais autoridades locais, estudiosos da Australian National University (ANU) encontraram em uma área florestal afastada e montanhosa do Laos 15 novos locais com mais de cem potes enormes, que se expandem muito a extensão onde eles estão.

"Essas novas áreas foram exploradas apenas ocasionalmente por alguns viajantes. Agora que a área foi novamente descoberta, esperamos levantar uma imagem mais clara sobre essa cultura", disse o estudante de doutorado Nicholas Skopal em um informe.

"É evidente que os jarros, alguns dos quais pesavam várias toneladas, foram extraídos e de alguma forma conduzidos, muitas vezes por vários quilômetros até seus locais atuais", acrescentou Dougald O'Reilly, um arqueólogo da ANU que liderou a equipe que fez a descoberta.

Mas por que essas áreas foram selecionadas como o local de repouso final dos jarros ainda é um grande mistério da arqueologia. Além disso, não temos indícios de ocupação nesta região.

As pesquisas em torno do sítio arqueológico também revelaram durantes as escavações discos lindamente entalhados. Misteriosamente, o lado esculpido de cada disco foi enterrado de cabeça para baixo - por razões que os pesquisadores ainda desconhecem.

O'Reilly informou que as imagens de disco achadas até o momento incluíam círculos concêntricos, arcos, figuras humanas e criaturas

É PROIBIDA a cópia (por canais de Youtube ou Blogs e Sites) do conteúdo postado no site sem pedir autorização, material protegido por direitos autorais.