Militares britânicos têm vídeos de OVNIs como os revelados pelo Pentágono diz o ex-investigador do MoD e devem divulgá-los

15/05/2021

Vídeos de OVNIs gravados por militares, como os obtidos por pilotos no famoso incidente de Nimitz, estariam entre os mantidos a sete chaves pelo Ministério da Defesa britânico.

Nick Pope, que trabalhou na pesquisa de OVNIs para o Ministério da Defesa (MoD) na década de 1990, disse ao jornal The Sun que é hora de o Reino Unido se apresentar e, como seu homólogo norte-americano, divulgar mais informações sobre os fenômenos aéreos não identificada que aconteceram em seus céus.

Pope defende a divulgação de todas as imagens e fotos do MoD e não tem dúvidas de que a Marinha Real e a Força Aérea Real provavelmente filmaram imagens semelhantes aos que agora estão sendo oficialmente lançados pelos Estados Unidos.

Pope sabe de fato que, quando lá trabalhou, o MoD tinha imagens de OVNIs filmadas com câmeras de caça da RAF em filme de 8 mm dos anos 50 e 60. Porém, a linha oficial afirma que os referidos vídeos foram perdidos ou destruídos.

"Temos exatamente o mesmo equipamento que o governo dos Estados Unidos, então tenho certeza de que há um tesouro de fotos e vídeos oficiais de OVNIs, armazenado na sede do MoD", disse Pope, que também coletou vários testemunhos de pilotos militares sobre incríveis encontros assombrosos.

"Muitos dos pilotos não relataram sua experiência por medo do ridículo ou mesmo de uma avaliação psicológica", disse o especialista.

Programa secreto

Funcionários atuais do MoD insistem que seu programa para estudar o fenômeno foi cancelado em 2009. No entanto, suspeita-se que investigações altamente secretas continuem ocorrendo - como o recente caso do Pentágono (AATIP, UAPTF) demonstrou - a portas fechadas. E Pope acha que "tudo sugere" que o Reino Unido também continue em contato com os americanos trocando informações sobre o assunto.

O último é evidenciado pelo novo termo favorito dos EUA para o não identificado: "UAP" (Fenômenos Aéreos Não Identificados). Pope afirma que foi originalmente popularizado por pesquisadores britânicos dentro do MoD, dizendo que eles o usaram taticamente para ajudar a quebrar o estigma em torno de discutir OVNIs.

"Peço ao Ministério que reabra os Arquivos-X da vida real e trate o problema da maneira como deve ser tratado, como um sério problema de defesa e segurança nacional", concluiu.

Fonte