Lendas de Menehune, povo anão mitológico do Havaí que pode ainda existir hoje

27/10/2020

Em todas as partes do planeta, existem muitas lendas sobre pessoas de de tamanhos gigantes e também de pessoas relativamente pequenas. No mainstream, essas histórias quase sempre são chamadas de mitos, e a prova é elusiva. Existem muitas teorias sugerindo que esqueletos gigantes têm sido um segredo cuidadosamente guardado. No entanto, há muitas razões para acreditar que esses contos de gigantes e anões são mais do que um mito, mas sim uma verdade.

Na tradição havaiana, há muitas histórias dos Menehune, um povo indescritível de pequena estatura, uma "tribo pigmeu" que vivia nas florestas profundas das ilhas havaianas. Hoje, a população local aponta para as estruturas que essas pessoas deixaram para trás como evidência de que os Menehune eram bastante reais, e os primeiros colonizadores das ilhas antes da chegada dos polinésios.

Bradda Roy conta sobre a lenda do viveiro de peixes 'Menehune' na ilha de Kauai, que, segundo os moradores, apareceu após apenas uma noite de luar, há 1.000 anos... O lago, uma maravilha da engenharia, foi construído com uma parede de pedra de 300 metros de comprimento e 1,50 de altura.

"Eles chamam [o tanque de peixes] de 'mãos invisíveis que construíram o tanque de peixes'. Eles dizem que voltaram um dia", diz Roy. "Diz a lenda que o Menehune construiu esta lagoa. Menehune são pessoas míticas que viveram no Havaí muito antes de os havaianos chegarem aqui."

"A lenda que cerca o viveiro de peixes é baseada no mítico Menehune, o pequeno povo travesso do Havaí que realizou feitos lendários de engenharia. O Menehune vivia na floresta e se escondia dos humanos. De acordo com as lendas havaianas, o Menehune construiu todo o viveiro de peixes em uma noite."

Outra estrutura que o Menehune pode ter construído no passado antigo é o Fosso Kīkīaola em Waimea. A vala de irrigação foi construída com 120 blocos esculpidos de basalto com uma extensão de 60 metros.

No programa 'Finding Bigfoot', a equipe explora as lendas de Menehune. Eles visitam o Museu Kauai, onde o curador, Chucky Boy Chock, conta a eles mitos sobre diferentes espécies de Menehune, incluindo Menehunia musclaris, boloheadus, kokee e commercialls.

Diversas histórias de Menehune permanecem populares em todas as ilhas havaianas hoje. Alguns relatos antigos mencionam que eles eram como elfos ou seres místicos; outros argumentam que eram indígenas basicamente comuns de estatura média, enquanto outras histórias afirmam que eram pessoas atarracadas e altamente qualificadas, com cerca de sessenta centímetros de altura. Seu número pode ter chegado a centenas de milhares de uma vez nas ilhas.