Gigantesca rede de túneis subterrâneos de 12.000 anos na Europa intriga pesquisadores

23/01/2021

Alguns teóricos acreditam que esses túneis eram para se proteger de guerras e invasões de algo desconhecido

Antigos túneis subterrâneos e câmaras são encontrados em toda a Europa, da Escócia, Alemanha e Turquia...

Há relatos de uma rede de milhares de túneis subterrâneos que datam da Idade da Pedra, 12.000 anos atrás. Há controvérsia nisso porque outros relatórios os datam de 5.000 anos atrás e na época medieval. 

Sim, existem túneis em muitos países europeus (e também em outros lugares ao redor do mundo) e seu propósito tem sido um enigma na história. Um arqueólogo alemão concluiu que funcionavam como estradas antigas para conectar vários locais antigos.

O arqueólogo alemão Dr. Heinrich Kusch investigou esse assunto em profundidade e o expõe em seu livro Segredos da Porta Subterrânea para um Mundo Antigo. Ele descobriu que os humanos do período Neolítico cavaram túneis em milhares de antigos assentamentos europeus.

Rede de túneis subterrâneos em toda a Europa

Na Alemanha e na Áustria, existem os chamados "túneis Erdstall". Os túneis são pequenos, medindo apenas 70 centímetros de espessura, mas alguns levam a quartos e câmaras. Segundo o arqueólogo Dr. Heinrich Kusch, na Baviera, Alemanha, foram encontrados 700 metros dessas construções e, na Áustria, 350 metros.

Agricultores e construtores locais são os que mais encontraram essas galerias intraterrestres. No vernáculo local, eles receberam nomes como "Schrazelloch" ("buraco do goblin") ou "Alraunenhöhle" ("caverna de mandrágora"). As lendas germânicas dizem que são moradas de goblins. Em muitos lugares, a Igreja Católica construiu capelas nas entradas, devido à sua ligação com essas lendas e com os pagãos.

O Dr. Kusch é quem expõe que esses túneis estão espalhados por toda a Europa, da Escócia à Turquia. A verdade é que passagens semelhantes foram relatadas em outros países como Inglaterra, Espanha e França. Na Turquia também fica a famosa e antiga maior cidade subterrânea do mundo: Derinkuyu, na Capadócia. Kusch disse em um comunicado:

"Em toda a Europa, havia milhares desses túneis, do norte da Escócia ao Mediterrâneo. Em alguns lugares, é maior e há assentos ou câmaras de armazenamento e salas. Nem todos estão interligados, mas juntos formam uma enorme rede subterrânea."

Eles têm 12.000 anos? Para que foram construídos?

Algo polêmico é a datação: várias passagens foram datadas na época medieval. A teoria de Kusch diz que eles foram construídos nos anos 3.000 a.C. aproximadamente. Embora os humanos de 12.000 anos atrás não fossem tão primitivos, é evidente em edifícios como Göbekli Tepe (estrutura avançada).

O objetivo de construir este mundo subterrâneo é um enigma da história e da arqueologia, mas teoriza-se que foi usado como:

  • Tipos de estradas subterrâneas para conectar com outras cidades distantes;
  • Para se proteger de guerras e invasões de algo desconhecido;

  • Rotas de fuga;
  • Para se proteger de animais predadores;
  • Abrigo para desastres naturais como ondas de frio;
  • Se proteger de algum cataclismo global (uma espécie de Dilúvio Universal, talvez);

Esse assunto é enigmático e polêmico, em termos dessas passagens intraterrestres que se espalhariam pela Europa. Heinrich Kusch concluiu que eles foram escavados há 5.000 anos (não há 12.000 anos). Ele também expôs que muitos deles estão ligados, embora não tenha sido oficialmente confirmado.