Existem muitos mistérios no deserto do Saara, mas por alguma razão expedições arqueológicas são proibidas

21/01/2021

Muito provavelmente o local mais misterioso do Saara seja um terreno rochoso com terra derretida e vestígios de radiação

Ao longo dos anos deste misterioso deserto africano, dezenas de milhares de pessoas simplesmente sumiram nas suas proximidades, e isto segundo dados oficiais - muitos outros desaparecimentos podem ter ocorrido e não foram registrados. A areia é muito mais misteriosa e perigosa do que o famoso Triângulo das Bermudas. Isso é compreensível, cinco mil quilômetros de areia aproximadamente.

Os especialistas e estudiosos garantem que há milhões de anos havia rios, lagos, jardins com diversos tipos de flores e, muito provavelmente, até um grande oceano no deserto, uma vez que vários fósseis de baleias foram encontrados nas areias.

Restos de cidades, canais subterrâneos, pelos quais a água antes corria, foram encontrados. Em uma das cavernas do Saara, desenhos e hieróglifos antigos foram descobertos, misteriosamente retratando criaturas humanoides (com características diferentes), ao redor das quais havia vegetação e água. Existem muitas montanhas no deserto, onde as pessoas nunca estiveram, e pode existir ainda muito a se descobrir.

Muito provavelmente o local mais misterioso do Saara seja um terreno rochoso com terra derretida e vestígios de radiação. Neste determinado local, de acordo com os cientistas, uma grande explosão de poder incrível trovejou. Existe uma teoria entre várias de que tudo isso se deve à queda de um meteorito.

Isso pode ser sustentado pelos elementos químicos que os estudiosos encontram no vidro e no ferro- mas nada pode ser confirmado até então. Esses elementos são de origem sobrenatural e, muito provavelmente, vieram até nós com um meteoro. Além disso, a própria cratera está escondida em algum lugar sob a areia e ainda não foi encontrada.

Se observar o deserto do espaço, então a primeira coisa que pode ser notada são os anéis, chamados olhos do Saara, com um diâmetro de mais de cinquenta quilômetros. Misteriosamente existem rochas perto dos anéis que não são encontradas em nenhum outro lugar do planeta.

Mas todos esses incríveis mistérios e enigmas não são estudados como se deveria, já que expedições arqueológicas e científicas são oficialmente proibidas no território do Saara, por questões de segurança - que não foram devidamente esclarecidas. Alguns argumentam que seria por causa de conflitos na área, mas isso não pode ser devidamente comprovado.

No entanto o deserto pode ser facilmente estudado do espaço como por exemplo, Marte, onde na faixa do infravermelho, com a ajuda de satélites e telescópios em órbita, é possível detectar artefatos, bem como fazer novas fascinantes descobertas. Infelizmente, isso não acontece.

O famoso deserto do Saara, juntamente com os oceanos da Terra, continuam sendo as áreas menos estudadas pelos especialistas. (Fonte)