Continentes submersos descobertos podem indicar a existência de Lemúria

09/06/2021

Os cientistas e especialistas encontraram pelo menos dois continentes submersos na Terra. A descoberta desses continentes mudou totalmente a forma como vemos o passado do nosso planeta, oferecendo novas evidências que muitos autores interpretaram como material adicional para o fato de que continentes míticos como Lemúria, Mu e Atlântida eram reais.

A maioria de nós está bastante familiarizada com as lendas e relatos da Atlântida, Lemúria e Mu (continentes perdidos). De acordo com inúmeras lendas e textos, nosso planeta já abrigou vários continentes que foram "perdidos" (desapareceram) no passado distante. Um deles é o continente da Lemúria, uma enorme e significativa massa de terra que se diz ter se estendido da Índia à Austrália, antes mesmo da história escrita.

Como Atlântida, a antiga terra desapareceu em circunstâncias misteriosas e foi esquecida pela humanidade dezenas de milhares de anos atrás. Durante o século 19, um geólogo inglês chamado Philip Sclater relatou a existência de uma enorme massa submersa conhecida como Lemuria.

Em um artigo intitulado "The Mammals of Madagascar", escrito em 1864, Sclater mencionou que os fósseis de lêmures eram extremamente comuns em Madagascar e na Índia, mas, curiosamente, esses fósseis estavam completamente ausentes na África e no Oriente Médio. Essa observação levou Sclater a propor que, em um ponto no passado distante, a Índia e Madagascar faziam parte de um continente maior chamado Lemúria.

Existem numerosos estudos que mostraram recentemente - apesar da hipótese de deriva continental - que existem continentes ocultos submersos na Terra.

Não muito tempo atrás, os cientistas fizeram uma importante descoberta sem precedentes a leste da Austrália: um continente com cerca de 5 milhões de quilômetros quadrados que estava completamente oculto da vista de todos. Apenas uma minúscula parte do continente, aproximadamente cerca de 5 por cento, é visível atualmente.

A região está principalmente submersa no Oceano Pacífico e contém a Nova Zelândia e o território francês da Nova Caledônia.

"Esta não é uma descoberta repentina, mas uma compreensão gradual. Dez anos atrás, não teríamos os dados acumulados ou a confiança na interpretação do território para escrever este artigo", escreveram os pesquisadores no GSA Today, um jornal da Geological Society of America. Mas há mais evidências de que existem continentes submersos na Terra.

Provas de continentes perdidos e civilizações antigas?

Segundo estudiosos, o continente Lemuriano se separou completamente do continente em algum período da era Mesozóica devido à significativa elevação das águas.

Curiosamente, de acordo com o Instituto Nacional de Oceanografia da Índia, os níveis do mar estavam cerca de 100 metros mais baixos, cerca de 15.000 anos atrás. Isso resultou em uma grande inundação que levou ao desaparecimento não apenas de um continente inteiro, mas de civilizações inteiras (juntamente com seu conhecimento e cultura) que existiam na Terra no passado distante. De acordo com Tamilnet, o continente da Lemúria é chamado de "Kumari Kandam" na antiga literatura Tamil.

Tamil é uma das línguas mais clássicas do mundo inteiro. Tamil tem registros históricos contínuos por mais de 2.000 anos e a língua Tamil foi reconhecida como uma língua clássica na Índia.

"Pode-se imaginar o poder e a magnitude da maré necessária para engolfar uma enorme área de montanhas que existia no antigo cinturão costeiro do mundo tâmil", disse o professor Shanmugathas.

Diz-se que o antigo continente de Kumari Kandam existiu ao sul da Índia moderna. Se tem em mente que o povo tâmil (que já tinha um vasto conhecimento) se espalhou ao redor do mundo levantando outras importantes civilizações depois que Kumari Kandam sumiu. Existem vários nomes pelos quais os continentes vão dependendo da grafia e eles podem variar de Kumari Kandam, Kumarikkantam e Kumari Nadu. A palavra "Kumari Kandam" foi mencionada pela primeira vez em uma versão do século 15 do 'Skanda Purana' e foi escrita por Kachiappa Sivacharyara (1350-1420).

Curiosamente, muitos autores indicam que o povo Tamil pertence à civilização mais antiga da superfície do planeta e quando o continente de Kumari Kandam se perdeu no mar, seu povo migrou para outras partes do planeta fundando diferentes civilizações.

O que você pensa sobre isso? Seria possível que dezenas de milhares de anos atrás, talvez ainda mais atrás na história, civilizações antigas viveram em continentes como Atlântida, Mu e Lemúria?

As recentes descobertas têm mostrado que, em um passado distante, a massa de terra da Terra era muito diferente do que é atualmente, esse é um dos principais motivos pelos quais diversos autores e pesquisadores argumentam que é possível pensar que existiram civilizações antigas como a Atlântida em algum lugar da Terra.

É PROIBIDA a cópia do conteúdo postado no site sem pedir autorização, material protegido por direitos autorais.