Caso Agnes Whiteland: Viajantes do tempo testemunhando a Primeira Guerra Mundial??

25/03/2021

Se revisarmos livros sobre casuística de OVNIs ou fenômenos inexplicáveis, encontraremos eventos que têm o potencial de "explodir o cérebro".

Eles são tão incríveis e podem até parecer absurdos, mas foram testemunhados ao longo da história da humanidade por muitas pessoas.

É um caso daquele, em que uma mulher testemunhou um grupo de viajantes do tempo observando o massacre da Primeira Guerra Mundial.

Esse incidente ocorreu na Inglaterra e foi chamado de "caso Agnes Whiteland", que é, sem dúvida, um dos incidentes mais intrigantes da história da Ufologia.

Para quem tem um conhecimento básico de ufologia, esse caso vai soar estranho. Afinal, este é um dos eventos mais inexplicáveis ​​em relação a avistamentos alienígenas. O evento se passa na Inglaterra durante o período da Primeira Guerra Mundial (1914-1918).

A história de Agnes Whiteland começa quando ela olha para a varanda de sua casa. Essa estrutura ficava no primeiro andar e é de onde ele fez o avistamento do objeto não identificado.

A uma distância estimada de noventa metros de onde ela estava, ela podia ver uma plataforma suspensa no ar. Claro, uma imagem como essa era forte o suficiente para causar o espanto da mulher.

Segundo suas estimativas, a plataforma circular deve ter cerca de 30 centímetros de espessura. Enquanto o diâmetro calculado para o objeto não identificado foi de cerca de 3,5 metros.

Acima dela, Agnes Whitelan podia vislumbrar as silhuetas do que ela relatava ser para ela entre oito e doze homens. Todos ficaram eretos e olharam para o horizonte como se tentassem observar algo de perto.

É possível imaginar que era apenas algo semelhante a uma plataforma de avistamento.

No entanto, o fato de uma estrutura tão maciça não emitir o menor ruído ainda levanta dúvidas. Porém, por mais que a mulher tentasse, ela não foi capaz de reconhecer os cabos ou cordas da misteriosa estrutura.

De acordo com o que a Sra. Whiteland disse, todos os homens pareciam estar uniformizados. A cor de seus ternos era azul, assim como os chapéus que cada um usava.

À primeira vista, todos os passageiros da misteriosa plataforma davam a impressão de pertencer a um corpo militar. Porém, o estilo dos uniformes que usavam não condiz com o da época.

O avistamento de Agnes Whiteland foi investigado inúmeras vezes por vários cientistas. No entanto, nenhum foi capaz de oferecer respostas satisfatórias que expliquem este evento.

Assim que eles chegaram, esses viajantes misteriosos desapareceram da mesma forma. Eles apenas deixaram para trás uma mulher muito surpresa e uma história que viverá como um mito em nossa sociedade para sempre.

Por enquanto, essa história permanece como uma lembrança na mente de membros da família que ainda vivem hoje e convivem com essa experiência incomum daquela senhora inglesa chamada Agnes Whiteland.

Fonte: Cases UFO \ MUFON \ Discovery 

Respeite o nosso conteúdo, não copie sem autorização. Textos protegidos