Baalbek: Relatos de gigantes, Titãs, Nephilim e até Atlântida..

28/02/2021

Os megálitos desse misterioso local pesam de 700 a 1.600 toneladas... Só poderiam ser movidas com tecnologia muito avançada!!

Ruínas fascinantes de uma cidade megalítica no Líbano... Um cidade de gigantes???

A cidade de Baalbek é um conjunto de construções megalíticas com blocos de pedra gigantescos. Suas origens primitivas permanecem um enigma da história e tem sido objeto muitas de teorias.. Uma delas é que essa cidade teria sido erguida por gigantes antigos. Também fez parte da antiga teoria alienígena.

Baalbek está localizada a cerca de 86 quilômetros de Beirute, capital do Líbano. Sua origem é misteriosa, pois não se sabe ao certo quem a construiu, escavações arqueológicas identificaram assentamentos cananeus da Idade do Bronze (2900-2300 aC), mas não se acredita que a tenham construído.

Os templos mais emblemáticos são de origem romana (século I dC), mas pensa-se que estes templos teriam substituído os mais antigos, utilizando as misteriosas e colossais bases pré-existentes. Pode-se notar que os blocos romanos parecem muito menores do que os megálitos usados ​​como base.

Esses grandes megálitos pesam de 700 a 1.600 toneladas e medem até 21,5 x 4,8 x 4,2 metros. Eles são os mais impressionantes do sítio arqueológico. O bloco conhecido como Pedra da Gestante, é considerado um dos maiores monólitos da antiguidade.

Baalbeck: histórias de gigantes, Titãs, Nephilim e até Atlântida

O nome Baalbek vem de um culto ao deus Baal, a divindade com chifres de touro dos cananeus e fenícios. Mais tarde, o Templo de Baal foi combinado com a adoração do deus Hélios da mitologia grega e Júpiter da mitologia romana, tornando-se o Templo de Júpiter que é observado hoje.

O folclore local do Líbano fala de construções feitas por gigantes antigos, baseadas na mitologia semítica ou cananéia (eles podem ser os mesmos titãs da mitologia grega). A Bíblia realmente fala deles na terra de Canaã:

"Quando Moisés enviou os espias para a terra de Canaã, eles voltaram com a notícia de que gigantes viviam lá (Números, 13:33)"

Um mito árabe diz que Nimrod enviou gigantes para reconstruir Baalbek, três meses após o Dilúvio universal. Nimrod era um monarca lendário da Mesopotâmia que é mencionado na Bíblia. Também é descrita a própria Torre de Babel construída lá por Nimrod para ascender aos céus.

Nimrod também é descrito como um gigante em várias versões da mitologia semítica. Até mesmo foi associado aos Nephilim, os filhos dos anjos caídos de Gênesis.

Na mitologia islâmica, é dito que os templos foram construídos pelos djinn (gênios ou demônios), seres espirituais que também foram associados aos Nephilim (eles seriam seus espíritos).

Baalbek também foi relacionado à antiga teoria alienígena, como um lugar para a segunda chegada dos deuses Anunnaki da Suméria. Outra teoria interessante fala de habitantes da Atlântida que começaram a construir a cidade, enquanto tentavam criar uma raça de gigantes. No entanto, a construção teria sido interrompida devido a um evento cataclísmico na região.

Sem dúvida, esta colossal cidade antiga é uma das construções mais sofisticadas e tecnologicamente desafiadoras de blocos de pedra gigantes, dos quais ainda restam vestígios. No entanto, quem o construiu e por que permanece uma questão sem solução aberta para debate até hoje.