A cidade que teria sido totalmente destruída por uma possível nave extraterrestre no passado..?

29/03/2021

De acordo com os antigos textos em sânscrito: com essa nave espacial, ele atacou a cidade, jogando energia através de armas que se assemelhavam a um raio.

Vários dos textos sagrados mais antigos da Terra contam a história de uma cidade construída por um deus e destruída por naves espaciais.

A lenda foi esquecida até que, nos últimos anos, foram encontrados vestígios daquele lugar mítico. Dwarka, a cidade perdida, deu sinais claros de sua existência.

Cidade devastada por um ataque..

A atual cidade de Dwarka, localizada no oeste do estado indiano de Gujarat, deve sua reputação à antiga e perdida cidade de mesmo nome. De acordo com os Vedas, ou escrituras sagradas hindus, o próprio deus Krishna ordenou a construção de Dwarka. Não é por acaso que este nome significa "Porta para o céu".

Antes de construir a cidade, Krishna, viveu na cidade de Mathura. Este reino foi atacado cerca de dezessete vezes por Yarasandha, rei tirano e governante de Magadha. Em cada um desses confrontos, Krishna conseguiu manter sua posição defendendo sua cidade e derrotando os invasores.

Mas Yarasandha não desistiu e decidiu atacar a cidade mais uma vez. Foi então que Krishna, para não arriscar mais seu povo, decidiu construir uma cidade portuária como primeira linha de defesa. Ele escolheu a costa oeste da Índia para construir uma das cidades mitológicas mais bonitas e avançadas de todos os tempos.

Uma versão da história sugere que Krishna pediu a ajuda de Vishwakarma, o construtor celestial, para realizar a construção de sua cidade. A divindade construtora concordou com seu pedido, mas encontrou um problema sério que o impedia de começar: a falta de terras.

Ele então informou a Krishna que o trabalho só poderia começar se o senhor do mar, Samudradeva, fornecesse a ele alguma terra. Felizmente, Krishna há muito adorava o deus do mar e, satisfeito, deu-lhe 12 jojanas de terra. Com todo o espaço disponível, esses seres celestiais terminaram o trabalho rapidamente.

Rapidamente, a cidade recém-construída ganhou vida, tornando-se um dos assentamentos humanos mais famosos e prósperos do mundo. Diz-se que a cidade abrigou milhares de pessoas e centenas de palácios. Todos os confortos e elementos tecnológicos nunca vistos numa cidade antiga.

Da mesma forma, Dwarka estava muito bem protegido e equipado para defender qualquer ataque inimigo. Só podia ser alcançado por mar, tornando extremamente difícil qualquer tentativa de cerco. Além disso, sua infraestrutura era muito bem planejada e distribuída, dividida em seis setores que por sua vez se dividiam em áreas comerciais e residenciais.

As descrições presentes nos textos sagrados hindus sobre a cidade de Dwarka nos fazem imaginar uma cidade futurística e paradisíaca. Tinha grandes e belas estradas, jardins e lagos artificiais, praças lindamente decoradas e mais de 800 palácios feitos de ouro e pedras preciosas.

Mas o esplendor de Dwarka não durou muito, pois um rei chamado Salwa lançou um ataque fulminante a Krishna e sua incrível cidade. Descrições em antigos textos sagrados hindus sugerem que o encontro foi uma batalha aérea. Veículos voadores de guerra invadiram o céu sobre a cidade, e o momento da verdade chegou.

Um dos registros indica que o Senhor Krishna atingiu Salwa e sua carruagem voadora com dezesseis flechas de luz. Como um contra-ataque, Salwa disparou contra a cidade de Dwarka com suas poderosas armas que pareciam relâmpagos. Esses guerreiros possuíam veículos voadores, chamados Vimana, que eram usados ​​para viajar e fazer guerra.

Guerra extraterrestre?

Atualmente, a descrição de Vimana de Salwa pode ser interpretada como um OVNI, uma vez que voou a uma velocidade incomparável e esteve em diferentes lugares em poucos segundos.

Além disso, as armas usadas durante esta guerra pareciam ser mísseis, o que gerou muita destruição. Grandes seções da cidade de Dwarka foram destruídas, submersas no mar. Uma batalha épica que parece algo saído de um filme de ficção científica dos dias modernos.

Para os defensores da teoria do antigo astronauta, esta história é mais uma prova de que não estamos sozinhos no universo. Além disso, recentemente, arqueólogos descobriram os restos de uma cidade submersa perto da costa da atual cidade de Dwarka..

Respeite o conteúdo do site, não copie sem autorização..